Home
Saiba Mais...
Ardora
Hot Potatoes
Testes
Textos
Visite
Aprendo_Cri@ndo
Palmares-PE
 

eXTReMe Tracker

Creative Commons License

Hospedado em
Miarroba

 

 

 

Célula - uma unidade biológica

 

A célula pode ser definida como uma massa de substância viva delimitada por uma membrana que protege o citoplasma e o núcleo.

É capaz de realizar todas as funções vitais importantes para ela, sendo considerada a unidade biológica (morfológica e funcional) na estrutura dos organismos.

 

 

CITOLOGIA

 

Etmologia: do grego kytos = célula e logos = estudo.

Conceito: parte da Biologia que se ocupa do estudo da célula relativamente à sua estrutura, suas funções e sua importância.

 

 

DESCOBERTAS

 

Robert Hooke (1665) – primeira observação de células em fragmento de cortiça.

Theodor Schwann (1839) – conclui que todos os seres vivos são formados de células.

Rudolf Virchow (1858) – afirma que toda célula é proveniente de outra célula.

 

 

MICROSCOPIA

 

É o estudo das estruturas celulares, feito com o auxílio do microscópio.

 

Microscópio óptico: funciona com luz e tem pequeno poder de resolução*. É possível observar células vivas em atividade.

Microscópio eletrônico: usa feixes de elétrons e tem grande poder de resolução (mais de 500 000 vezes). Só é possível observar células mortas, porém em todas as dimensões.

 

* poder de resolução é a capacidade de aumento ou de distinguir entre dois pontos muito próximos.

 

 

TEMPO DE VIDA

 

Células lábeis: pouco diferenciadas, de curta duração e que não se reproduzem. Após cumprirem suas funções, morrem e são substituídas.

Ex: as hemácias e os gametas.

Células estáveis: mais diferenciadas, de longa duração, se reproduzem e regeneram.

Ex: células musculares lisas e células epiteliais.

Células permanentes: altamente diferenciadas, com funções muito especializadas, duram a vida toda do organismo, não se reproduzem nem regeneram.

Ex: células musculares estriadas e células nervosas.

 

 

DIMENSÕES CELULARES

 

Microscópicas: a maioria delas. Ex: bactérias, protozoários.

Macroscópicas: gema de ovos, alvéolos de laranja, óvulo humano, célula da bainha da folha da bananeira.

 

 

MEDIDAS

 

As células são medidas em:

 

µm (micrometro) = 0,001 mm (1 milésimo de milímetro)

nm (nanometro) = 0,000 001 mm (1 milionésimo de milímetro)

Å (Ångström) = 0,000 000 1 mm (1 décimo milionésimo de milímetro)

 

A grande maioria ou quase totalidade das células tem dimensões microscópicas, medidas em micrômetros. Existem, porém, células macroscópicas como a gema do ovo, a fibra do algodão e as células das algas Nitella sp. e Acetabularia sp., que são medidas em centímetros (cm).

As menores células conhecidas pertencem às bactérias do gênero Mycoplasma (PPLO), que podem ser menores que alguns vírus e são medidas em nanômetros.

 

 

PROCARIOTAS e EUCARIOTAS

 

Procariotas: células onde o núcleo não é individualizado por falta de cariomembrana, não apresentam orgânulos membranosos. O material nuclear está disperso no citoplasma. Encontradas nas bactérias e cianobactérias.

Eucariotas: o núcleo é individualizado, a cariomembrana envolve o material nuclear, são mais evoluídas e possuem orgânulos membranosos. Encontradas nos protistas, fungos, vegetais e animais.

 

 

ORGÂNULOS ou ORGANELAS

 

São estruturas celulares destinadas à realização de funções vitais.

 

Orgânulos não-membranosos: centríolos, ribossomos, microtúbulos, cromossomos e nucléolo.

Orgânulos membranosos: mitocôndrias, plastos, vacúolos, retículo endoplasmático, complexo golgiense e lisossomos.

 

 

CÉLULA VEGETAL e CÉLULA ANIMAL

 

Célula vegetal: formato prismático, com parede celular e plastos. Não possuem lisossomos nem centríolo, os vacúolos são grandes e em pequena quantidade (vacúolos de suco celular).

Célula animal: geralmente arredondadas, sem parede celular nem plastos. Apresentam lisossomos, os vacúolos são pequenos e em grande quantidade (vacúolos digestivos e pulsáteis).

Leia mais...

Amara Maria Pedrosa Silva

 

Atualizado em: quarta-feira, 01 de março de 2017